quarta-feira, 24 de abril de 2013

O MUTIRÃO DA PUXADA

O mutirão(1), pitirão, adjutório, troca-dia ou campanha é um sistema comunitário de ajuda mútua muito comum entre as comunidades tradicionais Caiçaras. Aos camaradas convidados para ajudar no serviço da roça, era oferecido um farto almoço e ao fim do dia um baile chamado Fandango Caiçara. Esse sistema contribuía para fortalecer as relações sociais e comunitárias, hoje substituído em grande parte pelo pagamento em dinheiro nas localidades em que essas relações foram dissolvidas.

O vídeo no link abaixo mostra uma puxada de canoa ocorrida do Sertão do Ubatumirim em Ubatuba, local que ainda preserva a coesão comunitária. Desse modo a maior Canoa Caiçara de Ubatuba, um imenso jequitibá esculpido, pode ser transportado do interior da mata até o rancho para receber o acabamento fino.

ASSISTA AO VÍDEO CLICANDO AQUÍ

Outro filme interessante, é o clássico Vento Contra, de Adriana Mattoso, onde a puxada de canoa representa a união da comunidade Caiçara de Trindade - R.J. na luta pelo direito ancestral sobre suas terras.

VALE A PENA ASSISTIR AQUÍ

foto: Peter S. Németh

(1) referências bibliográficas:
Gioconda Mussolini. Ensaios de antropologia indígena e caiçara, 1980, p.238;
Antonio Carlos Diegues. Pescadores, camponeses e trabalhadores do mar, 1983, p.226;
Maria Luiza Marcílio. Caiçara: terra e população, 1986, p.35;
Clóvis Caldeira. Mutirão: formas de ajuda mútua no meio rural, 1956.

Nenhum comentário:

Postar um comentário